Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais
6

“População diz que a Geórgia será a próxima”, afirma embaixador do Vaticano em Tiblíssi

José Avelino Bettencourt diz que o povo da Geórgia teme que o país seja o próximo a ser invadido pela Rússia.
Correio da Manhã 3 de Março de 2022 às 09:14
José Avelino Bettencourt
José Avelino Bettencourt FOTO: Secundino Cunha
O embaixador do Vaticano em Tiblíssi, o arcebispo português José Avelino Bettencourt, diz que o povo da Geórgia teme que o seu país seja o próximo a ser invadido pela Rússia.

“A população diz que a Geórgia será a próxima, lembrando a ocupação da Ossétia em 2008”, disse ao CM D. José Bettencourt, revelando que “todos os dias há manifestações contra a invasão da Rússia à Ucrânia”.

O Núncio Apostólico da Geórgia e da Arménia diz que a situação no Cáucaso é instável e que o maior problema, para já, tem sido a corrida aos bancos, que são russos, e que não permitem grandes levantamentos de dinheiro.
Geórgia Rússia embaixador do Vaticano Tiblíssi José Avelino Bettencourt política diplomacia
Ver comentários
}