Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais
4

Soldado russo julgado por crimes de guerra pede "perdão"

Julgamento está a decorrer num tribunal em Kiev.
Lusa 19 de Maio de 2022 às 13:37
A carregar o vídeo ...
Soldado russo julgado por crimes de guerra pede "perdão"
O primeiro soldado russo julgado por crimes de guerra na Ucrânia desde o início da invasão russa, acusado de matar um civil ucraniano, pediu esta quinta-feira "perdão" à viúva da vítima, durante o julgamento a decorrer num tribunal em Kiev.

"Sei que não me poderá perdoar, mas peço o seu perdão", declarou o soldado de 21 anos, Vadim Chichimarine, dirigindo-se diretamente a Katerina Chelipova, a viúva do homem de 62 anos que reconheceu ter matado no nordeste da Ucrânia em 28 de fevereiro, relatou uma jornalista da agência France-Presse (AFP) que está a acompanhar o julgamento que começou na quarta-feira na capital ucraniana.

Na quarta-feira, Vadim Chichimarine declarou-se culpado, reconhecendo todas as acusações.

Ucrânia Kiev Vadim Chichimarine crime lei e justiça julgamentos política
Ver comentários
}