Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais

Soldado russo revela à mãe que tropas de Vladimir Putin matam militares feridos na Ucrânia

Ivan Temny revelou que um dos comandantes das forças militares russas matou soldados feridos a tiro.
Correio da Manhã 17 de Maio de 2022 às 20:02
Militares ucranianos
Militares ucranianos

O soldado russo Ivan Temny, de 21 anos, alegou que um comandante sénior matou a tiro alguns dos militares russos que estavam feridos. De acordo com o The Mirror, durante um telefonema com a sua mãe, o soldado russo revelou que as forças militares de Vladimir Putin estão a agir como "fascistas" na Ucrânia.

"Somos invasores aqui. Matamos civis. Mãe, é um pesadelo (...) ", após ter sido detido pelas forças ucranianas, Ivan disse à mãe que os militares russos tinham sido enganados acerca da invasão à Ucrânia, quando foram informados de que seriam apenas forças de paz.

Outros dois soldados das tropas russas, Maxim Prikhodko e Volodymir Zolkin, comprovaram as revelações feitas por Ivan Temny, acrescentando que em vez de ter sido prestada ajuda aos soldados feridos, estes foram mortos.

Maxim Prikhodko disse ainda que o comandante sénior "atirou em quatro ou cinco" soldados feridos, todos eles jovens.

 

Vladimir Putin Ucrânia política defesa forças armadas
Ver comentários
}