Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais
1

Zelensky exige à ONU segurança nuclear

António Guterres preocupado com desastre nuclear em Zaporíjia. Rússia ameaça encerrar central.
Maria Madeira e Duarte Faria 19 de Agosto de 2022 às 08:37
António Guterres, secretário-geral das Nações Unidas, visitou o Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, em Lviv
António Guterres, secretário-geral das Nações Unidas, visitou o Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, em Lviv FOTO: EPA
O Presidente da Ucrânia encontrou-se esta quinta-feira com o secretário-geral das Nações Unidas (ONU) e com o homólogo turco (Erdogan), em Lviv, e a situação da central nuclear de Zaporíjia esteve no centro do debate.

Na reunião com António Guterres, Volodymyr Zelensky acusou a Rússia de fazer chantagem com a segurança da central, pedindo à ONU um reforço da segurança do perímetro. “A ONU tem de garantir a segurança deste ativo estratégico, a sua desmilitarização e a completa libertação das tropas russas”, relatou o líder ucraniano na rede social Telegram.

“Qualquer potencial dano a Zaporíjia é suicídio”, alertou Guterres durante a conferência de imprensa que reuniu os três líderes. O diplomata português, preocupado com a situação, apelou novamente à desmilitarização do complexo nuclear.

No entanto, a tensão continua, tendo o Ministério da Defesa da Rússia ameaçado, no mesmo dia, encerrar a central, se os ataques não pararem, algo que aumentaria o risco de um “desastre”, que lançaria “radioativos até à Europa Central”, disse a empresa de energia nuclear ucraniana Energoatom.

Já no encontro bilateral entre a Turquia e a Ucrânia, foi assinado um acordo entre os dois países para a reconstrução das infraestruturas ucranianas destruídas pela guerra.

pormenores

Acordo de cereais eficaz
O líder da ONU identificou sinais de estabilização do mercado global dos alimentos e agradeceu “a todas as partes” pela eficácia do “acordo da exportação dos cereais pelo mar Negro”.

Turquia mediadora da paz
O líder turco disse que um dos principais focos da reunião foi sobre como acabar com a guerra, propondo mediar um encontro entre Zelensky e Putin.

Rússia envia mísseis para o Kaliningrado
O Ministério da Defesa da Rússia anunciou que três caças MiG-31 armados com mísseis hipersónicos Kinzhal foram esta quinta-feira deslocados para a base aérea de Chkalovsk, no enclave do Kaliningrado, no âmbito de “medidas adicionais de dissuasão estratégica”.

Marcelo elogia papel de António Guterres
O Presidente da República enalteceu esta quinta-feira o trabalho do secretário-geral das Nações Unidas (ONU), António Guterres, por promover “novas pontes de diálogo” entre a Ucrânia e a Turquia. Numa nota publicada na página oficial da Presidência, Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou, “uma vez mais”, a importância “do papel do secretário-geral da ONU, demonstrando a essencialidade do multilateralismo das organizações internacionais”.
Ver comentários