Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais
1

'Geringonça' perde votos

PS foi o grande vencedor das eleições de domingo. Mas os votos que Costa ganhou foram perdidos pela CDU e Bloco.
Armando Esteves Pereira(armandoestevespereira@cmjornal.pt) 8 de Outubro de 2019 às 08:31
Secretário-geral do PS fez o discurso de vitória já passava da meia-noite. António Costa quer repetir a geringonça
Secretário-geral do PS fez o discurso de vitória já passava da meia-noite. António Costa quer repetir a geringonça FOTO: João Cortesão
Partido Socialista venceu as eleições. António Costa conseguiu mais votos do que em 2015 e alargou o grupo parlamentar. Mas as contas para os parceiros da geringonça não são tão agradáveis.

O Bloco manteve o número de deputados e consolidou a posição de terceiro maior partido, mas nos votos expressos sofreu um amargo de boca: menos 57 391 eleitores. Pior ficou a CDU, perdeu 5 deputados e 115 838 eleitores.

Feitas as contas, os dois aliados do PS perderam 173 229 votos, como o partido de Costa captou mais 124 395, o saldo final para as contas da geringonça são menos 48 834 votos. Mesmo assim, em deputados eleitos, os partidos da esquerda reforçaram o seu peso no Parlamento e em conjunto PS, Bloco, PCP e PEV têm 60% dos deputados eleitos.

Mas se o saldo da geringonça em votos regista um decréscimo, na direita a erosão é avassaladora. PSD e CDS perdem 436 702 votos face a 2015, ano em que concorreram coligados no continente e separados nas regiões autónomas.

O PAN foi outro dos vencedores. Multiplica por quatro a sua presença no Parlamento, conquistando mais 92 mil votos face a 2015.

Chega, Iniciativa Liberal e Livre foram a novidade da noite eleitoral. Ganham votos e alargam o leque parlamentar, que poderia ainda ser maior se os votos brancos e nulos não fossem tão expressivos. 4,28% é a soma de votos brancos e nulos. 218 mil eleitores, que são mais do que os votantes do CDS.
Partido Socialista António Costa Bloco Parlamento PS CDS política partidos e movimentos eleições
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)