Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais
2

Santana à campeão inspira-se em Setúbal

“Está na hora de virar a página”, diz o líder do partido, que este sábado teve um dia em cheio na cidade do Sado.
Correio da Manhã 29 de Setembro de 2019 às 09:38
Santana Lopes, no mercado do Livramento, recebido com entusiasmo
Pedro Santana Lopes, líder do partido Aliança
Santana Lopes
Santana Lopes, no mercado do Livramento, recebido com entusiasmo
Pedro Santana Lopes, líder do partido Aliança
Santana Lopes
Santana Lopes, no mercado do Livramento, recebido com entusiasmo
Pedro Santana Lopes, líder do partido Aliança
Santana Lopes
O Aliança tem uma locomotiva em Setúbal." As palavras de reconhecimento são do próprio líder do partido, Santana Lopes, que este sábado teve um dia cheio.

Viu as hostes de Carlos Medeiros, cabeça de lista no distrito, arrasarem na avenida Luísa Todi, com barraquinha, painel gigante e distribuição de balões aos mais pequenos e panfletos aos pais, e foi acabar o sábado à Figueira da Foz, onde tem o hábito de ser feliz. Nas Europeias, primeiras eleições com o Aliança, registou a mais alta percentagem na ‘cidade rainha das praias’.

A passeata pelo mercado do Livramento, no centro da terra de Bocage, teve laivos de arruada em grande, com música e tudo. Carlos Medeiros enfatizou a capacidade de concretização: "Disse que o trazia cá e cumpri", repetiu em muitas bancas de venda, do peixe às frutas, legumes e talhos de carnes. Para Santana Lopes, tratou-se do habitat perfeito.

Ele ofereceu beijinhos e apertos de mão, ouviu muitos votos de boa sorte, tirou selfies e, sobretudo, conversou. Interpelado porque trocara o fato e gravata da visita ao Bolhão, no Porto, no dia anterior, por jeans e mangas de camisa, retorquiu: "Isso tem que ver com os outros compromissos do dia e hoje é fim de semana."

A popularidade mereceu a Santana Lopes um aceno amigo do candidato do PSD no distrito, Nuno Carvalho, a percorrer outro corredor do mercado, e o abraço efusivo de Nuno da Câmara Pereira, que promovia o PPM no mesmo espaço apinhado de visitantes. Curiosa foi também a forma como o brindaram com vivas ao Sporting.

Satisfeito, o líder dos azuis-celeste da política nacional contou: "No Porto, um senhor veio direto a mim a dizer: ‘É o homem!’ Esperei pelo que ele queria. Eu era o homem para levantar o Sporting."

O antigo presidente leonino deseja êxito aos atuais responsáveis do clube, mas as suas prioridades apontam para outras realidades: "O nosso atraso é uma tristeza. Quase 34 anos e depois de 135 mil milhões de euros de apoios da União Europeia, está na hora de virar a página."

A mesma tarefa urgente entusiasma o cabeça de lista, Carlos Medeiros, e apoiantes, com destaque para a esposa do terceiro casamento, a ucraniana Lilia Medeiros, de 26 anos, que foi ‘Miss Sibéria’ e, à conversa, revela com simpatia que aprende português a ler o Correio da Manhã.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)