Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais
5

Filipe Gaivão: "Que maravilha começar a sentir o cheiro de casa"

Ciclista partiu no dia 10 de julho de Bruxelas rumo a Lisboa, numa viagem solidária de bicicleta.
Correio da Manhã 25 de Julho de 2019 às 22:02
Filipe Gaivão: 'Que maravilha começar a sentir o cheiro de casa'
Filipe Gaivão: 'Que maravilha começar a sentir o cheiro de casa'
Filipe Gaivão: 'Que maravilha começar a sentir o cheiro de casa'
Filipe Gaivão: 'Que maravilha começar a sentir o cheiro de casa'
Filipe Gaivão: 'Que maravilha começar a sentir o cheiro de casa'
Filipe Gaivão: 'Que maravilha começar a sentir o cheiro de casa'
Filipe Gaivão: 'Que maravilha começar a sentir o cheiro de casa'
Filipe Gaivão: 'Que maravilha começar a sentir o cheiro de casa'
Filipe Gaivão: 'Que maravilha começar a sentir o cheiro de casa'

Filipe Gaivão, de 57 anos, saiu de Bruxelas no passado dia 10 de julho rumo a Lisboa, numa viagem solidária de bicicleta que visa "dar maior visibilidade às pessoas que sofrem de esclerose múltipla".

"Estamos em Portugal. Finalmente. Que maravilha começar a sentir o cheiro de casa", começa por dizer o português.

"Depois de um dia tão difícil como o de ontem, hoje estava mais fresco, era mais curto, estava menos vento, a paisagem era mais bonita e estávamos na nossa terra. Tal como tinha previsto seria um dia excelente", acrescenta.

Filipe Gaivão diz ter encontrado gente "fantástica" que o abordavam porque "já o conheciam das notícias".

"Mas infelizmente a entrada em Portugal tem sempre um senão. A travessia de Celorico da Beira para Gouveia pela N17 é um verdadeiro suicídio com os condutores portugueses. Várias razias a um palmo das bicicletas com a faixa contrária livre e no mínimo de uma selvajaria da qual me envergonho. Pior é que uma dessas razias foi de uma carrinha da GNR e mais não digo", concluiu.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)