Barra Cofina

Correio da Manhã

Eu Repórter CM
1

Castigos severos

Um pouco por todo o lado impera o estacionamento abusivo. Pode parecer coisa pouca quando comparado com problemas de maior dimensão, mas estas pequenas coisas contribuem, e muito, para dificultar a nossa vida. Foi o que aconteceu, em Lisboa, mais propriamente na Alameda D. Afonso Henriques. Desde o ano passado que o nosso leitor Carlos Castelo Branco alerta para esta situação, mas só agora o problema foi finalmente resolvido, com a colocação de pilaretes.
13 de Setembro de 2009 às 00:30
Castigos severos
Castigos severos

Mas se os pilaretes travam os carros, dificultam, em algumas zonas, a passagem de peões. Quem se desloca em cadeira de rodas ou transporta um carrinho de bebé vê-se obrigado a fazer gincanas entre os pilaretes. E que dizer dos invisuais? Tudo isto se poderia evitar caso houvesse um maior civismo por parte dos automobilistas. Mas para estes, vale tudo. Sem respeitar nada nem ninguém, apropriam-se do espaço público e transformam os passeios na sua garagem privativa. De pouco servem as multas, pois na maior parte das vezes o papel acaba rasgado, no chão. O reboque também não é solução, pois no dia seguinte voltam a fazer o mesmo. Quem não prescinde do seu carro por nada deste mundo e não se importa de o deixar em locais onde incomoda tudo e todos tem de ser punido. E com severidade.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)