Barra Cofina

Correio da Manhã

Eu Repórter CM
9

Coimbra reclama abertura do Museu dos Transportes

Enquanto Lisboa, Porto e Sintra mantêm em serviço antigos eléctricos, Coimbra “abandonou” os eléctricos na Rua da Alegria e na Guarda Inglesa.
8 de Dezembro de 2006 às 00:00
Coimbra reclama abertura do Museu dos Transportes
Coimbra reclama abertura do Museu dos Transportes FOTO: D.R.
E que dizer do carro n.º 16 semiabandonado na Rua da Alegria, um veículo único no Mundo e fabricado exclusivamente para a Lusa-Atenas, que está a ‘apodrecer’ à chuva e ao vento, depois de ter sido recuperado em 1984? E a reabertura do Museu dos Transportes de Coimbra, na Rua da Alegria, será para quando? Quem paga a reabilitação dos eléctricos antes expostos?
Pedro Costa, Paínho
Resposta:
Quando, em 2003, Coimbra foi Capital da Cultura, os eléctricos tiveram de ser retirados do Museu, que então foi utilizado pela Câmara para a realização de vários espectáculos. Todos os eléctricos e demais equipamento com valor museológico foram recolhidos e estão prontos para voltar ao local. O vereador da Cultura já foi sensibilizado para o facto de, em 2007, se comemorarem os 60 anos sobre o lançamento dos troley na cidade e é provável que o Museu volte a abrir as suas portas no próximo ano.
Manuel Oliveira, administrador dos Serviços Municipais de Transportes de Coimbra
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)