Barra Cofina

Correio da Manhã

Eu Repórter CM
9

Esquadras sem polícias

A esquadra da PSP em Massamá já está feita mas continua com as portas fechadas. Será um problema de recheio? Se calhar é a falta dele...
29 de Abril de 2007 às 00:00
Esquadras sem polícias
Esquadras sem polícias
Volta e meia somos brindados com anúncios de investimentos de milhões. Foi o que aconteceu esta semana, com o Governo a prometer 427 milhões de euros, nos próximos cinco anos, para reabilitar ou construir esquadras e equipar as forças de segurança com novas armas.
Louve-se a iniciativa, mas a coisa dá que pensar. Que dirão, por exemplo, os moradores na freguesia de Massamá, no concelho de Sintra, onde há muito que existe um edifício concluído – e a degradar-se – pronto para acolher a prometida esquadra da PSP mas que continua teimosamente com as portas fechadas?
Então há dinheiro para construir novas esquadras e não se consegue pôr a funcionar uma esquadra já construída? Alguma coisa não bate certo...
Pelos vistos, o problema não está no dinheiro (os 427 milhões anunciados são disso prova). Também não está na casa, que já existe, embora esteja vazia. Onde estará então o problema no que diz respeito à esquadra da PSP em Massamá? Se calhar é uma questão de recheio... Neste caso, da falta dele. Ou seja: não há polícias para a esquadra de Massamá. Só assim se compreende que permaneça de portas fechadas.
É o que dá começar a construir a casa pelo telhado, esquecendo os alicerces.
Ver comentários