Barra Cofina

Correio da Manhã

Eu Repórter CM

Estrada entre Alcácer e Ferreira do Alentejo tem troço em mau estado

Para evitar a utilização de auto--estradas decidi fazer uma viagem pelo Interior do Alentejo, mas não sabia que algumas estradas ainda estão com o piso do tempo da idade da pedra.
4 de Janeiro de 2008 às 00:00
De Alcácer do Sal ao Torrão ainda é possível circular com segurança, mas o pior vem depois, já em plena EN 2, no troço entre Torrão e o limite do concelho de Ferreira do Alentejo. São lombas atrás de lombas, um piso em mau estado e centenas de metros de calçada até aos limites dos distritos de Setúbal e Beja.
Manuel Comendinha, Lisboa
RESPOSTA
A Estradas de Portugal (EP), através da sua Direcção de Estradas de Setúbal, tem vindo a efectuar a manutenção do troço atrás referido através de intervenções ao nível do pavimento (tapagem de covas), de forma a estarem garantidas as condições mínimas de circulação e segurança da respectiva via. Nas zonas mais degradadas da rodovia está colocada sinalização temporária de carácter preventivo, que alerta para as condições de irregularidade do pavimento.
A EP está a elaborar um projecto de reparação do pavimento dos troços mais degradados da ER 2, que incluirá trabalhos de saneamento do pavimento (remoção das raízes), aplicação de um reforço do pavimento, beneficiação de alguns órgãos de drenagem e colocação de sinalização horizontal e vertical.
Posteriormente será lançado um concurso público para a execução da obra de reparação, sendo previsível que tenha início durante o quarto trimestre de 2008.
Gabinete de Comunicação e Imagem da Estradas de Portugal
Ver comentários