Barra Cofina

Correio da Manhã

Eu Repórter CM

GANHOU VIAGEM EM SORTEIO MAS NÃO PODE LEVANTAR O PRÉMIO

Fui abordado por duas interlocutoras do Grupo Palme que me pediram que preenchesse um cupão, que me habilitaria ao sorteio de uma estadia para duas pessoas. Preenchi o cupão com os meus dados pessoais e com os do meu cônjuge.
30 de Setembro de 2004 às 00:00
Dias depois recebi um telefonema a informar-me que havia sido contemplado com uma viagem. Para levantar o prémio teria de comparecer, no local marcado, com a minha esposa. Não podia comparecer, por razões profissionais, e pedi à minha esposa que passasse por lá. Dirigiu-se à recepção e apresentou o código do prémio. Colocaram entraves, porque queriam a presença do casal. Foi uma manobra de marketing. Ricardo Barros (Lisboa)
RESPOSTA
O Grupo Palme está a desenvolver ao longo de 2004 uma campanha de divulgação da imagem que inclui a apresentação da empresa a potenciais clientes. Tratando-se de um produto familiar pretendemos que os nossos serviços sejam sempre apresentados à família ou ao casal. No próprio cupão consta que os dados pessoais serão destinadas à nossa base de dados. Existe um regulamento do passatempo disponível. Foram atribuídos todos os prémios (viagens) do sorteio. Rosane Alves (Dpto. de Relações Públicas do Grupo Palme)
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)