Barra Cofina

Correio da Manhã

Eu Repórter CM
8

Interpretação sobre férias judiciais

Continuam, na privacidade dos gabinetes, as picardias entre o Governo e a Justiça sobre as tão badaladas férias judiciais. Para o Governo trata-se efectivamente de reduzir o período de férias do nosso sistema judicial de dois meses para um mês.
13 de Janeiro de 2006 às 00:00
A Justiça diz que há muito que tem apenas um mês e que no outro se limita a trabalhar à porta fechada. Quando se fala no descrédito da Justiça, parece que as falhas não são só de Direito, mas também de interpretação.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)