Barra Cofina

Correio da Manhã

Eu Repórter CM

José Sócrates deu o flanco

Tozé Martinho, autor de telenovelas, falou ao 'CM' sobre Política, Justiça e Forças Armadas.
21 de Abril de 2007 às 00:00
José Sócrates deu o flanco
José Sócrates deu o flanco
1- POLÍTICA. Credibilidade de Sócrates fica em causa devido ao caso da Universidade Independente?
- Não me importo que José Sócrates seja ou não engenheiro. Mas a verdade é que o primeiro-ministro, que tem obrigações, deixou um pouco ao acaso esta história. Este tipo de coisas não pode ser deixado ao acaso. Ele deu o flanco e os mal-intencionados podem agora atacá-lo. A sua credibilidade ficou minimamente afectada.
2- JUSTIÇA. Movimentos políticos de extrema-direita devem ser ilegalizados?
- Faz-me muita confusão as limitações à liberdade de pensamento. Toda a gente tem o direito de exprimir as suas ideias. Condeno toda e qualquer postura e mensagem racista, mas aceito que exprimam essas posições. Se durante anos tivemos um governo de direita que se opôs ao pensamento da esquerda, não faz sentido que, agora, a esquerda se oponha ao pensamento da direita.
3- FORÇAS ARMADAS. Justifica-se investimento de 51,5 milhões de euros em novos blindados?
- Não estou de acordo com o investimento excessivo nas Forças Armadas, embora considere que alguma coisa tem de ser feita no sentido de manter operacionais as Forças Armadas. Mais do que investir em blindados, submarinos e novos aeroportos, devíamos era investir no aparelho produtivo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)