Barra Cofina

Correio da Manhã

Eu Repórter CM
4

LIXEIRA EM CRESCIMENTO À BEIRA DA ESTRADA NA AMARELEJA

Quem passa pela Amareleja, em direcção a Barrancos, depara-se com este triste cenário. Apesar do aviso, está a nascer uma lixeira à beira da estrada. E está em crescimento.
16 de Setembro de 2004 às 00:00
De dia para dia, este depósito à vista de todos vai acumulando mais ‘preciosidades’. São sofás velhos, cadeiras, pneus, grades, caixotes, tijolos, enfim, só lixo. A situação não é de agora, pois no ano passado passei pelo mesmo local e o lixo lá estava.As autoridades deviam pôr cobro a esta situação. Se retirassem toda a lixarada do local, possivelmente as pessoas não ficariam tentadas a deitar mais lixo. Quem por ali passa fica com uma triste imagem da Amareleja.
RESPOSTA
Vou avisar novamente a GNR para que passe com mais regularidade no local, por forma a detectar e sancionar os infractores. Posso adiantar que os serviços florestais já manifestaram a intenção de recuperar as casas dos guardas florestais e proceder à limpeza dos baldios. Nós podemos arranjar um vigilante. Esta situação deriva da falta de civismo das pessoas. Os antigos executivos da Junta depositavam naquela zona entulho proveniente de obras.Os munícipes habituaram-se a deitar ali toda a porcaria. Periodicamente, pedimos à Câmara de Moura que limpe o local.
Manuel Ramalho - Presidente da Junta de Freguesia da Amareleja
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)