Barra Cofina

Correio da Manhã

Eu Repórter CM
6

Moradores na Tapada das Mercês esperam recuperação de lago

Como morador na freguesia de Algueirão-Mem Martins, sinto-me revoltado com certas situações que observo na Tapada das Mercês. É o caso do lago existente na confluência das ruas Francisco Salgado Zenha e Josefa de Óbidos, cujo repuxo não funciona há quase um ano e se encontra completamente vandalizado com graffitis e cheio de lixo.
10 de Setembro de 2007 às 00:00
Moradores na Tapada das Mercês esperam recuperação de lago
Moradores na Tapada das Mercês esperam recuperação de lago FOTO: d.r.
Em Dezembro do ano passado relatei este caso às entidades competentes, mas a promessa de que o problema seria resolvido com brevidade continua por cumprir. Sei que este problema se deve a actos de vandalismo, mas deixando tudo como está, sem nada fazer, apenas piora a situação. Pede-se mais uma vez a requalificação deste equipamento.
Paulo Firmino, Mem Martins
RESPOSTA
A zona onde se encontra o referido lago é da responsabilidade da Sintra Urbanizações, dado que a urbanização em que está localizado o referido lago ainda não foi recepcionada pela Câmara Municipal de Sintra.
Trata-se, portanto, de uma propriedade privada. No entanto, quer a Câmara, quer a Junta de Freguesia, têm o melhor entendimento com a Sintra Urbanizações e os problemas que têm surgido são resolvidos em estreita colaboração.
Penso que é o que vai acontecer também com esta situação. Em breve, o lago e a zona envolvente serão alvo de uma intervenção.
Manuel dos Santos Cabo, Presidente da Junta de Freguesia de Algueirão-Mem Martins
Ver comentários