Barra Cofina

Correio da Manhã

Eu Repórter CM
7

Não há lugar para estacionar no Hospital Garcia de Orta, Almada

Quem vai de carro ao Hospital Garcia de Orta, em Almada, depara-se com um verdadeiro caos. O espaço destinado ao estacionamento é limitado e como as pessoas deixam os carros em cima dos passeios é dificil circular.
22 de Agosto de 2006 às 00:00
Os funcionários e médicos têm parques próprios, o que se compreende, mas podiam aproveitar esse espaço e fazer um silo-auto ou um parque subterrâneo, mesmo sendo a pagar, o que até rentabilizaria melhor o espaço. Um problema cuja resolução interessa a todos os que necessitam de recorrer aos serviços daquele hospital.
Eurico Poeira, Almada
O hospital não dispõe de lugares para toda a gente estacionar, pois o parque existente é limitado, mas está em estudo a construção de um parque subterrâneo.
No entanto, há uma zona onde os veículos que transportam doentes podem estacionar por 30 minutos. E será sempre impossível haver lugares para todos, pois além dos mil profissionais que aqui trabalham são feitas diariamente 900 consultas e atendidas 600 urgências.
Álvaro Carvalho, Presidente do Conselho de Administração do Hospital Garcia de Orta
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)