Barra Cofina

Correio da Manhã

Eu Repórter CM
5

Portimão continua à espera de um novo cemitério municipal

O meu pai morreu em 2002 e foi enterrado no cemitério de Portimão. Mandou-se fazer uma sepultura em mármore, com todos os atributos.
14 de Setembro de 2007 às 00:00
Portimão continua à espera de um novo cemitério municipal
Portimão continua à espera de um novo cemitério municipal FOTO: Paulo Marcelino
Em finais do ano passado, a minha mãe recebeu uma carta da Câmara, dizendo que o corpo tinha de ser removido para dar lugar a outro morto. Partiram a sepultura e abriram o caixão, mas o corpo ainda estava inteiro. Decidiram, então, que ficaria mais cinco anos e a minha mãe teve de pagar nova sepultura. Esta situação podia ser evitada caso Portimão tivesse mais um cemitério, pois a cidade está em crescimento e o actual é pequeno.
António Marreiros, Holanda
RESPOSTA
A situação relatada é constrangedora, mas temos de obedecer aos regulamentos em vigor no que se refere à trasladação. Relativamente à questão de um novo cemitério, podemos dizer que esta é uma preocupação do município que está inserida no plano de actividades para o mandato em curso. Já identificámos alguns terrenos a norte da cidade para a construção de um novo cemitério e já existe um pré--projecto. Neste momento, os técnicos da autarquia estão a trabalhar nesta questão, pois os terrenos têm de ter condições específicas para um equipamento desta natureza.
Gabinete de Imprensa da Câmara de Portimão
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)