Barra Cofina

Correio da Manhã

Eu Repórter CM
8

Quinta Dimensão

O Ministério da Agricultura não faz nem deixa fazer. Ainda existem povoados sem electricidade na Serra de Serpa (...)
21 de Agosto de 2005 às 00:00
Rogério Chambel
Rogério Chambel FOTO: d.r.
Há coisas que são tão difíceis de entender que, por vezes, mais parece que entrámos num episódio da ‘Quinta Dimensão’. Já agora, sugerimos à produção desta série televisiva norte-americana que rode um episódio em Portugal, mais especificamente na Serra de Serpa. Passam-se por lá coisas que são do outro mundo...
Em pleno século XXI, ainda existem povoados onde não chegou a electricidade. Isto porque, no estrito cumprimento da legislação em vigor, o Ministério da Agricultura não faz nem deixa fazer.
Diz a lei que, no caso das habitações dispersas, a electrificação é denominada de “agrícola” e a responsabilidade da instalação é do Ministério da Agricultura. Mas se metros mais abaixo ou mais acima existir um aglomerado populacional (pouco mais de uma dúzia de casas), então a electrificação é “rural” e da responsabilidade da autarquia.
Apesar da Câmara de Serpa (que tem cumprido com a sua parte) ter apresentado um esquema de electrificação em conjunto, o processo foi chumbado. É que o Ministério da Agricultura só aprova processos individuais. Ou seja, cada proprietário das habitações dispersas tem que apresentar o seu caso!
Vão lá agora explicar isto aos muitos idosos (a maior parte não sabe ler nem escrever) que têm o azar de viver nas habitações dispersas! E digam lá se este enredo não serve para um episódio da ‘Quinta Dimensão’...
Ver comentários