Barra Cofina

Correio da Manhã

Eu Repórter CM
5

Separador central em estrada no Porto Alto é alvo de críticas

A Estradas de Portugal construiu um separador central (não está sequer sinalizado) na EN10, no Porto Alto (Benavente). Acontece que a faixa de rodagem foi reduzida; se houver algum acidente não será possível a passagem de um veículo de socorro.
4 de Abril de 2007 às 00:00
Separador central em estrada no Porto Alto é alvo de críticas
Separador central em estrada no Porto Alto é alvo de críticas FOTO: d.r.
O espaço das bermas também foi reduzido e em alguns locais deixou de existir, impossibilitando a circulação segura de peões e ciclistas. Refira-se, ainda, que o acesso às empresas na zona está dificultado e o problema agudiza-se nas manobras com viaturas pesadas.
Maria Eugénia, Porto Alto
RESPOSTA
As razões que tiveram por base a construção do separador foram: melhorar a segurança rodoviária e fluidez de trânsito e disciplinar as ligações dos arruamentos, dos caminhos municipais e dos acessos particulares à EN10. O separador será para manter e não está prevista a construção de novas rotundas neste troço da EN10. Contudo, é um assunto que será discutido em breve com a Câmara de Benavente.
A obra ainda não está concluída, quer em termos de pavimento quer em termos de marcação horizontal. Estão previstas duas zonas onde o separador será interrompido para passagem, em caso de emergência, dos veículos dos bombeiros ou das autoridades. O acesso às empresas mantém-se, com entradas e saídas na EN10 e o atravessamento de peões deverá ser feito nos locais onde existem passadeiras.
Gabinete de Comunicação e Imagem da Estradas de Portugal
Ver comentários