Quando Lisboa era palco do terrorismo

Atentado à bomba destruiu sedes da Lufthansa e da Air France, em 1982
Por José Carlos Marques|03.01.17

A ameaça terrorista é, por estes dias, uma presença constante nas sociedades ocidentais. Portugal tem escapado à vaga de atentados que tem feito dezenas de mortos em várias cidades europeias, mas tempos houve que o terrorismo era uma ameaça bem presente.

A 15 de agosto de 1982 a madrugada lisboeta foi sacudida com duas explosões. Em plena Avenida da Liberdade, duas bombas destruíram as delegações das companhias de aviação da Air France e da Lufthansa na capital portuguesa. 

Os danos foram avultados, mas, muito por causa da hora do ataque, não houve vítimas a lamentar.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!