Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
6

Giorgio Albertazzi (1923-2016)

O ator e encenador italiano morreu aos 92 anos.
29 de Maio de 2016 às 21:45
O ator e encenador italiano Giorgio Albertazzi
O ator e encenador italiano Giorgio Albertazzi FOTO: Getty Images
O ator e encenador italiano Giorgio Albertazzi, conhecido pela peça "Memórias de Adriano", que correu o mundo a partir de 1989, morreu no sábado, na Toscana, aos 92 anos, noticiaram os 'media' locais.

Foi também ator de cinema e televisão, mas ficou sobretudo conhecido pelo seu trabalho no teatro, onde se estreou em 1949, com a obra "Troilo e Cressida", de William Shakespeare, sob a direção de Luchino Visconti, no festival de ópera Maggio Musicale Fiorentino.

Nascido em agosto de 1923, na cidade de Fiesole, província de Florencia, Giorgio Albertazzi licenciou-se em arquitetura, mas preferiu dedicar-se às artes performativas.

Entre as suas interpretações mais relevantes no teatro estão "Memórias de Adriano", de Marguerite Yourcenar, um espetáculo dirigido por Maurizio Scaparro que teve quase um milhar de apresentações em todo o mundo desde 1989, ou "Cercando a Picasso", dirigida por Antonio Calenda, que lhe valeu o aplauso da crítica a nível internacional.

No cinema desempenhou papéis em filmes como "O ano passado em Marienbad" (1961), de Alain Resnais, e "Violência Secreta" (1963), de Giorgio Moser.

Em 2003 assumiu a direção no Teatro Argentina de Roma durante cinco anos.
Giorgio Albertazzi Memórias de Adriano Toscana teatro
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)