Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
4

Arnaldo França (1925-2015)

O decano das letras de Cabo Verde estava há muito doente.
Fernanda Cachão 21 de Agosto de 2015 às 01:00
Arnaldo França, 89 anos,  foi a enterrar esta quinta-feira
Arnaldo França, 89 anos, foi a enterrar esta quinta-feira FOTO: DR
Alfandegário de carreira, poeta, escritor, ensaísta e investigador. Foi também ministro das Finanças do país onde nasceu, Cabo Verde, a 15 de dezembro de 1925, na Cidade da Praia, e ocupou ainda vários outros altos cargos na administração central, como o de diretor-geral das Alfândegas ou de secretário de Estado das Finanças – mas Arnaldo França ficará sobretudo pelo imenso trabalho que fez no resgate ao esquecimento da obra de tantos escritores.

Entre este labor, destacam-se coletâneas antológicas como o ‘Escravo’ de Evaristo de Almeida ou os escritos de Guilherme Dantas. Amante do crioulo cabo-verdiano e do português – traduziu Pessoa, Camões ou Sophia de Mello Breyner Andresen –, entrou nas letras ainda nos anos 40, no Liceu Gil Eanes, e com outros colegas criou no Mindelo a Academia Cultivar, que editava o jornal ‘Certeza’.
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)