Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM

Chris Amon (1943 - 2016)

Um grande piloto que nunca ganhou.
Ana Luísa Nascimento 4 de Agosto de 2016 às 01:45
Chris Amon tinha 73 anos
Chris Amon tinha 73 anos FOTO: D.R.
Christopher Arthur Amon, conhecido como Chris Amon, teve tudo para ser um grande piloto da Fórmula 1, mas faltou-lhe o principal: ganhar. O neozelandês participou em 96 corridas, entre 1963 e 1976, mas conseguiu apenas uma única vitória, mas numa prova de preparação. Em dois grandes prémios, em 1971 e em 1972, preparava-se para ganhar, mas foi obrigado a desistir.

Foi apelidado de "piloto azarado", o que sempre recusou por ter conseguido escapar quase ileso a graves acidentes.

Só não escapou ao cancro, que também não conseguiu vencer. "O Chris lutou contra o cancro nos últimos anos, mas manteve não só um forte interesse na Fórmula 1, mas também o seu sentido de humor fabuloso", revelou ontem a sua família em comunicado. Chris Amon morreu aos 73 anos, vítima de cancro, deixando de luto a Fórmula 1.
Christopher Arthur Amon desporto desportos motorizados