Gabriel Espírito Santo (1936-2014)

Antigo Chefe de Estado-Maior-General das Forças Armadas morreu aos 78 anos.
18.10.14
  • partilhe
  • 0
  • +
Gabriel Espírito Santo (1936-2014)
Gabriel Augusto Espírito Santo cumpriu 48 anos de serviço em Moçambique e Angola Foto Exército (arquivo)

O antigo Chefe de Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA) Gabriel Espírito Santo morreu na sexta-feira à noite, aos 78 anos, disse este sábado à agência Lusa uma fonte do EMGFA.


Nascido em Bragança, o general Gabriel Augusto Espírito Santo cumpriu 48 anos de serviço em Moçambique e Angola.


Em abril de 1997, então com 61 anos, foi empossado Chefe do Estado-Maior do Exército (CEME), tendo desempenhado anteriormente as funções de vice-CEME, para as quais fora escolhido em junho de 1995.

Estava reformado desde outubro de 2000
Autor de vários livros, como 'Da arte da guerra à arte militar' e 'A Grande Estratégia de Portugal na Restauração 1640-1668', Gabriel Espírito Santo estava na situação de reforma desde outubro de 2000. 


Exerceu funções de Comando, de Instrução e de Ensino, tendo desempenhado, como general, os cargos de Representante Militar Permanente de Portugal no Comité Militar da NATO, Quartel-Mestre do Exército, Vice-Chefe do Estado-Maior do Exército, Chefe do Estado-Maior do Exército e Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas. 


Foi professor no Instituto de Altos Estudos Militares, assessor de Estudos no Colégio da Defesa NATO (Roma), Professor convidado da Universidade Católica (Lisboa) e presidente da direção da Revista Militar. 


O General Gabriel Espírito Santo foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem Militar da Torre e Espada e com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Avis.

pub

pub