Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais CM
4

Teresa Berganza (1933-2022)

Uma mezzo-soprano do mundo.
Duarte Faria 14 de Maio de 2022 às 00:30
Teresa Berganza tinha 89 anos
Teresa Berganza tinha 89 anos
A cantora de ópera espanhola, mezzo-soprano com uma carreira internacional de quase 60 anos, morreu ontem aos 89 anos.

Considerada uma das maiores de todos os tempos nas interpretações de Cherubino, Dorabella, Cenerentola ou Carmen, foi também professora, contando-se entre os seus alunos Maria Bayo e Jorge Chaminé.

"A sua voz, elegância e arte estarão sempre connosco", afirmou o primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez.
Cenerentola Teresa Berganza Cherubino Carmen Dorabella Maria Bayo Jorge Chaminé Pedro Sánchez política