Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais Sobre
7
Saber mais sobre Congregação Da Divina Providência E Sagrada Família
01:00 | 12/08
“Aceitei o que Deus escolheu”

“Aceitei o que Deus escolheu”

Duvidou. Chegou mesmo a rejeitar, mas não resistiu ao "chamamento de Deus". Ana Cristina Carvalho, 29 anos, fez ontem os votos perpétuos na Congregação da Divina Providência e Sagrada Família, em Braga. "Foi o dia mais feliz da minha vida", disse ao CM, com um sorriso rasgado, a mais jovem freira da congregação católica. "Fui sentindo pequenos ‘toques’ de Deus ao longo da adolescência, mas não decidi de imediato que queria seguir estecaminho. Queria ser uma jovem como as outras: passear, namorar e casar",contou, entre risos tímidos, a jovem de Arroios, Vila Real.
Mais notícias