Barra Cofina

Correio da Manhã

Mortes Violentas
2

Guimarães/Braga

Quando os bombeiros chegaram, José Carlos jazia sem vida há mais de cinco horas. Tinha cortes profundos no pescoço e no peito e o seu rosto estava desfigurado. A polícia desconfia da versão do travesti de 19 anos que vivia consigo, segundo a qual ambos foram atacados por dois homens, tendo perdido os sentidos depois de levar com uma garrafa na cabeça.
17 de Junho de 2010 às 13:20
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)