Barra Cofina

Correio da Manhã

Multimédia
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais
polémica, Portugal, reações, campanha, Pepsi, redes sociais

Como os portugueses reagiram à campanha da Pepsi

A Pepsi criou uma campanha destinada aos suecos em que um boneco, vestido com o equipamento de Cristiano Ronaldo na seleção, aparece com a cabeça esmagada por uma lata, amarrado a uma linha de comboio e a ser alvo de vudu. Os portugueses não gostaram e já publicaram várias imagens de protesto nas redes sociais. Veja algumas delas.

20 de Novembro de 2013 às 10:35

Mais vistos