Barra Cofina

Correio da Manhã

Multimédia
1
Segurança. No final verifica-se se todo o material foi disparado
Preparativos. Um funcionário conecta os cabos eléctricos do sistema pirotécnico montado em Coimbra. Em média, são precisos cinco trabalhadores para um só espectáculo
Recolha. Desmontagem e recolha de material nos fogos de Coimbra. Na passagem de ano de 2006/2007 a Macedo’s entrou para o Guinness book com o espectáculo da madeira: em oito minutos foram lançados 66 326 foguetes a partir de 40 locais
Concepção. O desenho do fogo-de-artifício é concebido através de simulação por computador
Sistema. Colocação das peças pirotécnicas
Festa rija no céu: Como funciona o fogo-de-artifício?
Passagem de Ano. A empresa foi responsável pelos fogos deste réveillon em Coimbra. A montagem de um espectáculo começa geralmente por volta das 20h00 e prolonga-se duas a três horas após o final
Armazém. Acondicionamento na Macedo’s, em Lixa, Felgueiras. O negócio familiar foi iniciado em 1934 por Joaquim da Silva Macedo
Balonas. Selagem das balonas, ou seja, os invólucros que explodem no ar para fazer o efeito luminoso
Segurança. No final verifica-se se todo o material foi disparado
Preparativos. Um funcionário conecta os cabos eléctricos do sistema pirotécnico montado em Coimbra. Em média, são precisos cinco trabalhadores para um só espectáculo
Recolha. Desmontagem e recolha de material nos fogos de Coimbra. Na passagem de ano de 2006/2007 a Macedo’s entrou para o Guinness book com o espectáculo da madeira: em oito minutos foram lançados 66 326 foguetes a partir de 40 locais
Concepção. O desenho do fogo-de-artifício é concebido através de simulação por computador
Sistema. Colocação das peças pirotécnicas
Festa rija no céu: Como funciona o fogo-de-artifício?
Passagem de Ano. A empresa foi responsável pelos fogos deste réveillon em Coimbra. A montagem de um espectáculo começa geralmente por volta das 20h00 e prolonga-se duas a três horas após o final
Armazém. Acondicionamento na Macedo’s, em Lixa, Felgueiras. O negócio familiar foi iniciado em 1934 por Joaquim da Silva Macedo
Balonas. Selagem das balonas, ou seja, os invólucros que explodem no ar para fazer o efeito luminoso
Segurança. No final verifica-se se todo o material foi disparado
Preparativos. Um funcionário conecta os cabos eléctricos do sistema pirotécnico montado em Coimbra. Em média, são precisos cinco trabalhadores para um só espectáculo
Recolha. Desmontagem e recolha de material nos fogos de Coimbra. Na passagem de ano de 2006/2007 a Macedo’s entrou para o Guinness book com o espectáculo da madeira: em oito minutos foram lançados 66 326 foguetes a partir de 40 locais
Concepção. O desenho do fogo-de-artifício é concebido através de simulação por computador
Sistema. Colocação das peças pirotécnicas
Festa rija no céu: Como funciona o fogo-de-artifício?
Passagem de Ano. A empresa foi responsável pelos fogos deste réveillon em Coimbra. A montagem de um espectáculo começa geralmente por volta das 20h00 e prolonga-se duas a três horas após o final
Armazém. Acondicionamento na Macedo’s, em Lixa, Felgueiras. O negócio familiar foi iniciado em 1934 por Joaquim da Silva Macedo
Balonas. Selagem das balonas, ou seja, os invólucros que explodem no ar para fazer o efeito luminoso

Festa rija no céu: Como funciona o fogo-de-artifício?

Se a festividade é religiosa, os fogos duram em média vinte minutos. Se o motivo é o Ano Novo, duram geralmente metade. Entrámos na fábrica de pirotecnia que o Guinness já registou, a que fez brilhar Coimbra quando chegou 2012 (fotos: Pedro Mar e Rui Miguel Pedrosa).

6 de Janeiro de 2012 às 12:43

Mais vistos