Barra Cofina

Correio da Manhã

Multimédia
6
João Moutinho reencontrou Rahimic, que venceu a Taça UEFA no Estádio de Alvalade ao serviço do CSKA Moscovo
Cristiano Ronaldo queixou-se muito das faltas mas desperdiçou a melhor ocasião do jogo, a passe de Nani
Helder Postiga voltou a ser a escolha do seleccionador para o lugar mais avançado. Teve uma excelente oportunidade para marcar, falhada frente à baliza
Paulo Bento viu os seus jogadores dominarem a primeira parte. Depois do intervalo teve maiores razões para ficar preocupado
Ibisevic entrou na segunda parte e teve nos pés as melhores ocasiões para fuzilar as redes defendidas por Rui Patrício
Pepe e Dzeko travaram um intenso duelo no relvado e no ar, com o luso-brasileiro a manter a supremacia em Zenica
Miguel Veloso foi a grande surpresa do onze titular e enfrentou adversários como Dzeko, o avançado do Manchester City
Seleccionador da Bósnia-Herzegovina, Safet Susic, arriscou mais na segunda parte para tentar obter a vitória
Cristiano Ronaldo foi apupado por milhares de espectadores e sofreu entradas de vários adversários
Hugo Almeida substituiu Postiga no final do jogo. No entanto, o avançado do Besiktas não fez melhor do que uma boa assistência para Ronaldo
Lateral-esquerdo Fábio Coentrão voltou à Selecção, sem conseguir ser tão influente quanto noutros jogos
Sempre que o avançado do Real Madrid tombava no relvado era presenteado com gritos de 'Messi!'
João Moutinho reencontrou Rahimic, que venceu a Taça UEFA no Estádio de Alvalade ao serviço do CSKA Moscovo
Cristiano Ronaldo queixou-se muito das faltas mas desperdiçou a melhor ocasião do jogo, a passe de Nani
Helder Postiga voltou a ser a escolha do seleccionador para o lugar mais avançado. Teve uma excelente oportunidade para marcar, falhada frente à baliza
Paulo Bento viu os seus jogadores dominarem a primeira parte. Depois do intervalo teve maiores razões para ficar preocupado
Ibisevic entrou na segunda parte e teve nos pés as melhores ocasiões para fuzilar as redes defendidas por Rui Patrício
Pepe e Dzeko travaram um intenso duelo no relvado e no ar, com o luso-brasileiro a manter a supremacia em Zenica
Miguel Veloso foi a grande surpresa do onze titular e enfrentou adversários como Dzeko, o avançado do Manchester City
Seleccionador da Bósnia-Herzegovina, Safet Susic, arriscou mais na segunda parte para tentar obter a vitória
Cristiano Ronaldo foi apupado por milhares de espectadores e sofreu entradas de vários adversários
Hugo Almeida substituiu Postiga no final do jogo. No entanto, o avançado do Besiktas não fez melhor do que uma boa assistência para Ronaldo
Lateral-esquerdo Fábio Coentrão voltou à Selecção, sem conseguir ser tão influente quanto noutros jogos
Sempre que o avançado do Real Madrid tombava no relvado era presenteado com gritos de 'Messi!'
João Moutinho reencontrou Rahimic, que venceu a Taça UEFA no Estádio de Alvalade ao serviço do CSKA Moscovo
Cristiano Ronaldo queixou-se muito das faltas mas desperdiçou a melhor ocasião do jogo, a passe de Nani
Helder Postiga voltou a ser a escolha do seleccionador para o lugar mais avançado. Teve uma excelente oportunidade para marcar, falhada frente à baliza
Paulo Bento viu os seus jogadores dominarem a primeira parte. Depois do intervalo teve maiores razões para ficar preocupado
Ibisevic entrou na segunda parte e teve nos pés as melhores ocasiões para fuzilar as redes defendidas por Rui Patrício
Pepe e Dzeko travaram um intenso duelo no relvado e no ar, com o luso-brasileiro a manter a supremacia em Zenica
Miguel Veloso foi a grande surpresa do onze titular e enfrentou adversários como Dzeko, o avançado do Manchester City
Seleccionador da Bósnia-Herzegovina, Safet Susic, arriscou mais na segunda parte para tentar obter a vitória
Cristiano Ronaldo foi apupado por milhares de espectadores e sofreu entradas de vários adversários
Hugo Almeida substituiu Postiga no final do jogo. No entanto, o avançado do Besiktas não fez melhor do que uma boa assistência para Ronaldo
Lateral-esquerdo Fábio Coentrão voltou à Selecção, sem conseguir ser tão influente quanto noutros jogos
Sempre que o avançado do Real Madrid tombava no relvado era presenteado com gritos de 'Messi!'

Portugal não conseguiu marcar na primeira mão do 'play-off'

Mau estado do relvado em Zenica não foi a única razão para a ausência de golos no Bósnia-Portugal disputado esta sexta-feira. Houve pouca inspiração e valeu a consistência de Pepe para evitar um resultado pior do que o nulo.

11 de Novembro de 2011 às 21:14