Barra Cofina

Correio da Manhã

Multimédia
Michel Assad e Pepsi olham para a destruição no porto de Beirute através do telhado de casa
Michel Assad e Pepsi olham para a destruição no porto de Beirute através do telhado de casa
Michel Assad e Pepsi no interior da casa destruída pelas explosões
Michel Assad e Pepsi no interior da casa destruída pelas explosões
Michel Assad e Pepsi olham para a destruição no porto de Beirute através do telhado de casa
Michel Assad e Pepsi olham para a destruição no porto de Beirute através do telhado de casa
Michel Assad e Pepsi no interior da casa destruída pelas explosões
Michel Assad e Pepsi no interior da casa destruída pelas explosões
Michel Assad e Pepsi olham para a destruição no porto de Beirute através do telhado de casa
Michel Assad e Pepsi olham para a destruição no porto de Beirute através do telhado de casa
Michel Assad e Pepsi no interior da casa destruída pelas explosões
Michel Assad e Pepsi no interior da casa destruída pelas explosões

A única coisa que resta a Michel é Pepsi, o cão que sobreviveu às explosões de Beirute e que nunca largou o dono

A destruição é visível no interior da casa de Michel e Pepsi, os amigos inseparáveis.

7 de Agosto de 2020 às 08:44