Barra Cofina

Correio da Manhã

Multimédia
As moradias com obras ilegais estão situadas na zona norte dos Brejos da Carregueira, num monte mais isolado da povoação.  Em dois portões estão afixadas placas indicando propriedade da Herdade da Comporta. Há várias obras sem licença de construção camarária
Em alguns casos foram pedidas licenças de obras, mas depois as mesmas não eram realizadas conforme os projetos aprovados
Em quase todas as moradias dos membros da família Espírito Santo verificam-se construções que excederam a autorização
As irregularidades dizem respeito também a situações em que as construções violam a área pertencente à Reserva Ecológica Nacional (REN)
As coimas por construções sem a devida licença da autarquia variam para pessoas singulares, entre os 500 e os 200 mil euros, e para empresas, podem ir dos 1500 aos 400 mil euros
As moradias com obras ilegais estão situadas na zona norte dos Brejos da Carregueira, num monte mais isolado da povoação.  Em dois portões estão afixadas placas indicando propriedade da Herdade da Comporta. Há várias obras sem licença de construção camarária
Em alguns casos foram pedidas licenças de obras, mas depois as mesmas não eram realizadas conforme os projetos aprovados
Em quase todas as moradias dos membros da família Espírito Santo verificam-se construções que excederam a autorização
As irregularidades dizem respeito também a situações em que as construções violam a área pertencente à Reserva Ecológica Nacional (REN)
As coimas por construções sem a devida licença da autarquia variam para pessoas singulares, entre os 500 e os 200 mil euros, e para empresas, podem ir dos 1500 aos 400 mil euros
As moradias com obras ilegais estão situadas na zona norte dos Brejos da Carregueira, num monte mais isolado da povoação.  Em dois portões estão afixadas placas indicando propriedade da Herdade da Comporta. Há várias obras sem licença de construção camarária
Em alguns casos foram pedidas licenças de obras, mas depois as mesmas não eram realizadas conforme os projetos aprovados
Em quase todas as moradias dos membros da família Espírito Santo verificam-se construções que excederam a autorização
As irregularidades dizem respeito também a situações em que as construções violam a área pertencente à Reserva Ecológica Nacional (REN)
As coimas por construções sem a devida licença da autarquia variam para pessoas singulares, entre os 500 e os 200 mil euros, e para empresas, podem ir dos 1500 aos 400 mil euros

Veja as casas da família BES que podem ir abaixo

Município de Alcácer do Sal abriu cerca de 30 processos de contraordenação com um total de 200 mil euros em multas.

1 de Junho de 2015 às 14:39