Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Angola com mil casos de violência contra menores registados até maio

Foram registados casos de "fuga à paternidade, violência física, sexual, raptos, abandonos e trabalho infantil".
23 de Maio de 2019 às 16:00
Violência contra crianças
Violência crianças
violência doméstica, criança, filho
Violência
Violência contra crianças
Violência crianças
violência doméstica, criança, filho
Violência
Violência contra crianças
Violência crianças
violência doméstica, criança, filho
Violência
Angola registou cerca de 1.000 casos de violência contra criança de janeiro a maio de 2019, segundo dados divulgados esta quinta-feira pelo diretor-geral do Instituto Nacional de Criança (INAC), Paulo Kalessy.

Segundo o responsável, que falava esta quinta-feira à agência angolana de notícias Angop, em 2018, aquela instituição registou 4.475 casos de violência contra menores, nomeadamente "fuga à paternidade, violência física, sexual, raptos, abandonos e trabalho infantil".

Paulo Kalessy considera preocupante a situação da violência contra os menores, deu conta também que o INAC realiza, de 25 a 31 de maio, em todo o país uma semana de reflexão sobre a problemática.

A abertura da semana de reflexão, enquadrada igualmente no âmbito da jornada da criança que decorre de 01 a 16 de junho, em comemoração ao Dia Internacional da Criança, está agendada para a província do Bengo, com uma marcha de repúdio.

A semana de reflexão sobre a violência contra menores surge numa altura em que um outro caso tem motivado a indignação da sociedade angolana. Uma oficial da Polícia Nacional de Angola é suspeita de ter torturado, na última semana, em Luanda, uma criança de nove anos, filha da sua empregada, causando-lhe "graves ferimentos nos pés".

O comando de Luanda da Polícia Nacional já fez saber que a menor está hospitalizada e que está em curso uma investigação ao caso.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)