Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Avaria em avião da TAAG deixou 114 pessoas em terra em Angola

Palno de voo Luanda-Joanesburgo-Luanda acabou por não ser cumprido devido a razões técnicas detetadas na aeronave.
Lusa 4 de Julho de 2022 às 15:16
Doentes angolanos contra regresso ao país africano
Doentes angolanos contra regresso ao país africano FOTO: Getty Images
Uma avaria num avião da companhia aérea angolana TAAG, que se dirigia a Joanesburgo, obrigou a deixar em terra 114 passageiros que pernoitaram no Lubango, província da Huila, e só esta segunda-feira regressaram à capital angolana.

Segundo um comunicado da TAAG, tratou-se "de um avião modelo (Boeing 737-700) cujo plano de voo - Luanda-Joanesburgo-Luanda não foi cumprido devido a razões técnicas detetadas na aeronave", não especificadas.

Informações que circularam no domingo nas redes sociais davam conta de uma aterragem de emergência pelas 14h50, mostrando o descontentamento dos passageiros que exigiam explicações aos responsáveis da companhia e se queixavam da falta de condições.

Segundo a TAAG, foram seguidos os procedimentos próprios e "por questões de salvaguarda e segurança a aeronave procedeu à aterragem no aeroporto de Lubango, tendo ficado entretanto em terra.

O Jornal de Angola noticiou que os 114 passageiros pernoitaram num hotel do Lubango.

A TAAG menciona apenas que pôs em prática "um plano de transbordo" dos passageiros afetados, de forma a prosseguir viagem em nova aeronave, que chegou esta segunda-feira a Luanda.

TAAG Angola Huila Joanesburgo Lubango economia negócios e finanças transportes aviação voos passageiros
Ver comentários
}