Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Banco Africano de Desenvolvimento cria fundo de 50 milhões de euros para investir nos países lusófonos

Confirmação partiu de Mateus Magala, à margem da reunião extraordinária de acionistas para aprovação do aumento de capital do BAD.
Lusa 3 de Novembro de 2019 às 08:49
Mateus Magala
Mateus Magala FOTO: Facebook

O vice-presidente do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) e coordenador do Compacto Lusófono para o Desenvolvimento disse este domingo à Lusa que está a ser preparado um fundo de até 50 milhões de dólares para investimentos nestes países.

"Vamos criar um fundo de 30 a 50 milhões de dólares [26 a 44 milhões de euros] para investimentos nos países lusófonos africanos, em que nós e outros parceiros podemos participar e depois financiar os projetos de valor de 1 ou 2 milhões de dólares [890 mil euros ou 1,79 milhões de euros], ou até podemos entrar no próprio projeto", disse Mateus Magala, em entrevista à Lusa em Abdijan, Costa do Marfim, à margem da reunião extraordinária de acionistas para aprovação do aumento de capital do BAD.

"Este modelo inovador será apresentado ao comité diretor no Fórum de Investimento Africano, em Joanesburgo, e traz a solução para o grande problema que temos hoje, que é a limitação de financiamento devido ao volume dos projetos e à capacidade de absorção que os mais países lusófonos mais pequenos têm", explicou o banqueiro moçambicano.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)