Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Cabo Verde regista mais uma morte e 122 novos casos de Covid-19

País tem um total acumulado de 324 óbitos associados à doença.
Lusa 15 de Setembro de 2021 às 20:24
Teste de Covid
Teste de Covid FOTO: Reuters
Cabo Verde registou esta quarta-feira mais uma morte provocada pela covid-19, em Ribeira Brava de São Nicolau, elevando para 324 óbitos associados à doença no país, que nas últimas 24 horas diagnosticou 122 novos casos positivos.

O Ministério da Saúde informou em comunicado que desde terça-feira foram analisadas 1.130 amostras e foram contabilizados 122 casos novos positivos de infeção pelo novo coronavírus, numa taxa de positividade de 10,8%.

Na cidade da Praia, onde foram analisadas 364 amostras, há registo de mais 41 novos infetados e 26 recuperados da doença, passando a capital cabo-verdiana a contabilizar 402 casos ativos.

Ainda na ilha de Santiago, há mais casos em São Salvador do Mundo (10), Santa Cruz (seis), Santa Catarina (cinco), São Miguel (quatro), Tarrafal (três) e um em São Domingos.

Os restantes casos foram reportados em Ribeira Brava de São Nicolau (18), São Vicente (15), Maio (10), Boa Vista (dois), Ribeira Grande de Santo Antão (cinco) e um no Porto Novo.

Nas últimas 24 horas, mais uma pessoa morreu por complicações associadas à covid-19, na Ribeira Brava de São Nicolau, passando o país a ter um total acumulado de 324 óbitos associados à doença.

Mais 88 pessoas tiveram alta desde terça-feira, aumentando para 35.507 os casos considerados recuperados desde o início da pandemia.

Cabo Verde chegou a um total de 36.816 casos positivos acumulados desde o início da pandemia, dos quais há ainda a contabilizar 961 casos ativos, 15 óbitos por outras causas e nove transferidos.

A covid-19 provocou pelo menos 4.646.416 mortes em todo o mundo, entre mais de 225,72 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil ou Peru.

RIPE // LFS

Lusa/Fim

Cabo Verde Covid-19 questões sociais morte saúde epidemias e pragas doenças
Ver comentários