Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Catadores de lixo de Maputo fecham estrada em protesto contra xenofobia na África do Sul

Circulação só foi retomada após a remoção das barricadas por agentes da polícia.
Lusa 4 de Setembro de 2019 às 16:43
Polícia de Moçambique
Polícia de Moçambique FOTO: Getty Images
Catadores de lixo fecharam esta quarta-feira, por cerca de meia hora, a Estrada Nacional Número 4, que liga o sul de Moçambique à África do Sul, em protesto contra o ataque a estrangeiros neste país.
O porta-voz do Comando da Polícia da República de Moçambique, Fernando Manhiça, disse à Lusa que os catadores da lixeira de Malhampsene, no município da Matola, província de Maputo, colocaram barricadas por volta das 09h30, encerrando o trânsito por cerca de 30 minutos.
A circulação só foi retomada após a remoção das barricadas por agentes da polícia.
"A polícia tem a situação controlada e o trânsito está a fluir normalmente", disse.
A EN4 é a principal estrada entre Moçambique e a África do Sul.
Uma nova onda de violência e pilhagens contra estrangeiros iniciou-se na África do Sul neste fim de semana, com maior incidência em Joanesburgo e Pretória, que já provocou cinco mortos, segundo a polícia.
Maputo África do Sul Moçambique distúrbios guerras e conflitos manifestação xenofobia.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)