Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Cólera faz a primeira vítima mortal na cidade da Beira em Moçambique

Número de casos aumentou para 517 no país após a passagem do ciclone Idai.
1 de Abril de 2019 às 11:52
Ciclone Idai
Ciclone Idai
Ciclone Idai
Ciclone Idai
Passagem do Ciclone Idai em Moçambique
Passagem do Ciclone Idai em Moçambique
Ciclone Idai
Ciclone Idai
Ciclone Idai
Ciclone Idai
Passagem do Ciclone Idai em Moçambique
Passagem do Ciclone Idai em Moçambique
Ciclone Idai
Ciclone Idai
Ciclone Idai
Ciclone Idai
Passagem do Ciclone Idai em Moçambique
Passagem do Ciclone Idai em Moçambique
Uma pessoa morreu vítima de cólera na cidade da Beira, centro de Moçambique, sendo o primeiro óbito relacionado com a doença, disse domingo o diretor-nacional de Assistência Médica de Moçambique, Ussene Isse.

Ussene Isse, citado pela Televisão de Moçambique (TVM), afirmou que o número de casos de cólera aumentou para 517.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou hoje a chegada de 900 mil doses de vacina contra a cólera.

As autoridades moçambicanas atualizaram hoje para 518 o número de mortos provocados pelo ciclone Idai e pelas cheias que se lhe seguiram, mais 17 vítimas mortais relativamente aos últimos dados.

De acordo com o ponto de situação divulgado hoje pelo Instituto Nacional de Gestão de Catástrofes (INGC) de Moçambique, registaram-se ainda 1.641 feridos e mais de 146 mil pessoas estão agora instaladas em centros de acolhimento.

O número de feridos representa um aumento de 118 relativamente aos 1.523 do anterior balanço, enquanto as pessoas que procuraram abrigo nos centros de acolhimento subiram para 146.142 (mais 5.535).

A estimativa de pessoas afetadas mantém-se nas 843.723 e o número de famílias beneficiárias de assistência humanitária é agora de 29.291 (mais 193).

O grupo de pessoas afetadas inclui todas aquelas que perderam as casas, precisam de alimentos ou de algum tipo de assistência.

O ciclone Idai atingiu a região centro de Moçambique, o Maláui e o Zimbabué em 14 de março.

Segundo o INGC, o ciclone Idai provocou ainda danos em 3.318 salas de aulas, com 150.854 alunos prejudicados, dados que se mantêm relativamente ao balanço anterior.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)