Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Crioulo elevado a património nacional em Cabo Verde

Governo cabo-verdiano garantiu a sua preservação e uma futura candidatura a património da humanidade.
Lusa 26 de Julho de 2019 às 17:42
Bandeira de Cabo Verde
Bandeira de Cabo Verde FOTO: Getty Images

O Governo cabo-verdiano anunciou esta sexta-feira que elevou a património nacional a língua cabo-verdiana crioula e o género musical tabanca, procurando garantir a sua preservação e uma futura candidatura a património da humanidade.

"Decidimos, através de um trabalho técnico sobre a proposta do Instituto do Património Cultural (IPC) elevar a língua cabo-verdiana a património imaterial, tal como fizemos com a morna, com o São João, e com um conjunto de bens culturais que nós consideramos que deve ser preservado", anunciou o ministro da Cultura e das Indústrias Criativas de Cabo Verde, Abraão Vicente, em conferência de imprensa para dar conta das decisões saídas do Conselho de Ministros, realizado na quinta-feira.

Além do trabalho técnico do IPC, o ministro disse ainda que existe um manifesto nesse sentido assinado por oito dos 13 ex-ministros da Cultura desde a independência de Cabo Verde.

Cabo Verde Governo IPC crioulo tabanca património
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)