Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Detido ex-agente da polícia que liderava grupo de assaltantes no centro de Moçambique

Grupo terá assaltado várias residências, violado e assassinado as suas vítimas.
Lusa 11 de Junho de 2021 às 19:49
Polícia moçambicana
Polícia moçambicana FOTO: Lusa
Um grupo de seis pessoas, entre as quais um ex-agente da polícia moçambicana, está detido por suposto envolvimento em assaltos a residências na província de Sofala, no centro de Moçambique, anunciou esta sexta-feira fonte oficial.

O grupo, supostamente liderado pelo ex-agente da Polícia da República de Moçambique (PRM), terá assaltado várias residências, violado e assassinado as suas vítimas, segundo Olfeu Sitoe, porta-voz do Serviço Nacional de Investigação Criminal (Sernic) em Sofala.

"Trata-se de uma quadrilha altamente perigosa", referiu o porta-voz, acrescentando que o agente foi expulso da corporação.

"Este agente foi expulso por má conduta e pelo seu envolvimento neste tipo de crimes. Ele é quem chefia o grupo por possuir qualidades obtidas na sua formação", frisou Olfeu Sitoe.

Segundo o Sernic, foram apreendidas "diversas armas de fogo e brancas usadas pelo grupo, que terá provocado oito assassinatos em 15 assaltos, feitos na sua maioria à noite," em vários locais da província.

Um total de 326 agentes da polícia moçambicana foram expulsos em 2020 por se terem envolvido em atos criminais, de acordo com os últimos dados divulgados pelo comando-geral da PRM.

Sofala Moçambique PRM Olfeu Sitoe Sernic crime lei e justiça polícia
Ver comentários