Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Dez mortos à saída de comício da Frelimo em Nampula

Incidente fez ainda vários feridos que foram encaminhados para o hospital.
Lusa 11 de Setembro de 2019 às 21:45
Polícia Moçambicana
Polícia Moçambicana FOTO: Getty Images
Dez pessoas morreram no meio de uma multidão que saiu de forma desordenada de um comício eleitoral em Nampula, principal cidade do Norte de Moçambique, disse à Lusa fonte da organização do evento.

O incidente aconteceu ao princípio da noite, pelas 17h30 (menos uma hora em Lisboa), após um comício da Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo) dirigido pelo candidato à Presidência de República e atual chefe de Estado, Filipe Nyusi, no Estádio 25 de Junho, em Nampula.

Além das mortes, há 85 feridos que foram encaminhados para o hospital daquela capital provincial, referiu a mesma fonte.

O porta-voz da Polícia da República de Moçambique (PRM) confirma o incidente, mas remeteu detalhes para quinta-feira.


Frelimo confirma 10 mortos

A Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo) anunciou esta quarta-feira a morte de 10 pessoas e ferimentos noutras 85 quando uma multidão saiu de forma desordenada de um comício eleitoral num estádio de Nampula.

"Neste incidente, 95 membros e simpatizantes foram afetados: 85 feridos", 74 dos quais tiveram alta, e 10 mortos, "seis mulheres e quatro homens", anunciou Agostinho Trinta, primeiro secretário da Frelimo em Nampula, em conferência de imprensa.

"Foi constituída uma comissão para acompanhamento das famílias", acrescentou Agostinho Trinta.

A Frelimo "aguarda junto das autoridades policiais o esclarecimento das reais causas" do incidente, concluiu.
Frelimo Nampula Norte de Moçambique política espionagem mortos feridos hospital
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)