Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Doentes com cancro incluídos na segunda fase de vacinação da Covid-19 em Moçambique

Nesta fase estão ainda incluídos todos os pacientes com diabetes que tenham, pelo menos, 18 anos.
Lusa 23 de Abril de 2021 às 16:50
Vacinas contra a Covid-19
Vacinas contra a Covid-19 FOTO: iStockPhoto
O Governo moçambicano alargou, a partir desta sexta-feira, os grupos a vacinar na segunda fase de imunização contra a covid-19, que passam a incluir doentes com cancro e diabéticos com 18 anos, anunciou o Ministério da Saúde.

"O grupo-alvo dos doentes em terapia imunossupressora passa a incluir doentes com cancro, artrite reumatoide, doenças inflamatórias intestinais, lúpus eritematoso sistémico, entre outros", disse Graça Matsinhe, diretora do Programa Alargado de Vacinação (PAV) no ministério.

Segundo as autoridades de saúde, nesta fase, todos os pacientes com diabetes que tenham pelo menos 18 anos podem tomar a vacina contra a covid-19, deixando de haver limitação etária, num processo que passa a decorrer todos os dias independentemente do grupo.

"O Ministério da Saúde reconheceu a necessidade de alargar os grupos-alvo, assim como de não condicionar a administração da vacina a uma data específica de acordo com o grupo-alvo", declarou Graça Matsinhe.

De acordo com dados avançados, na segunda fase de vacinação já foram imunizadas 30.000 pessoas até quinta-feira, do total de 216.771 a serem abrangidas.

Estudantes finalistas de medicina, diabéticos não abrangidos na primeira etapa, reclusos e funcionários prisionais, doentes com insuficiência renal, cardíaca e respiratória crónica são os grupos a serem vacinados nesta fase.

A nova fase de vacinação vai abranger ainda professores do ensino primário, pessoas residentes em centros de acomodação e membros da Polícia da República de Moçambique com mais de 50 anos.

O processo de vacinação vai contar com 2.643 técnicos de saúde, distribuídos por 313 brigadas.

A imunização será feita com o apoio do mecanismo Covax, através do qual Moçambique vai cobrir 20% da população, e o mecanismo complementar de aquisição direta que irá cobrir o restante, segundo o Ministério da Saúde.

O país tem um total acumulado de 806 mortos e 69.597 casos, dos quais 89% recuperados e 41 internados.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Covid-19 Graça Matsinhe Moçambique Governo Ministério da Saúde saúde medicina preventiva saúde vacinação
Ver comentários