Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Empresas do Reino Unido querem investir na indústria e infraestruturas em Moçambique

Objetivo é estreitar os laços económicos bilaterais.
Lusa 16 de Agosto de 2019 às 11:39
Moçambique
Bandeira Moçambique
Moçambique
Bandeira Moçambique
Moçambique
Bandeira Moçambique
As empresas do Reino Unido estão interessadas em investir na indústria, infraestruturas e educação em Moçambique, para estreitar os laços económicos bilaterais, disse a enviada especial da rainha Isabel II.

"Estou ansiosa por trabalhar no sentido de estabelecer novas parcerias durante a minha visita para melhorar os laços comerciais e as oportunidades de investimento entre Moçambique e o Reino Unido", afirmou Wade Smith, citada pelo diário moçambicano Notícias.

Wade Smith encontra-se em Moçambique, para uma visita de trabalho ao país, no âmbito do reforço das relações económicas e comerciais.

"O Reino Unido está comprometido em tornar-se o maior investidor do G-7 na África até 2022, com um interesse particular em setores estratégicos, criadores de empregos, que farão com que as nossas economias mútuas cresçam", frisou Wade Smith.

Referindo-se à visita que realizou à província de Cabo Delgado, norte de Moçambique, rica em gás natural, a enviada especial da rainha Isabel II afirmou que existe naquele ponto do país um enorme potencial para o investimento britânico.

"Constatei que uma parte da carteira de projetos constante no Plano Estratégico de Desenvolvimento da Província, para investimento, está alinhada com aquilo que são as áreas em que os empresários britânicos podem investir, nomeadamente a indústria, infraestruturas e educação", afirmou Wade Smith.
Reino Unido Moçambique Isabel II Wade Smith economia negócios e finanças política diplomacia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)