Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Filha de Eduardo dos Santos perde mandato de deputado

Parlamento procedeu à votação da perda de mandato de Tchizé dos Santos com os votos a favor do MPLA e da UNITA.
Miguel Alexandre Ganhão(miguelganhao@cmjornal.pt) e Lusa 29 de Outubro de 2019 às 17:01
Tchizé dos Santos
Tchizé dos Santos FOTO: Lusa

A filha mais nova do ex-presidente José Eduardo dos Santos foi esta terça-feira expulsa do parlamento angolano por proposta do próprio MPLA.

Tchizé dos Santos está há vários meses fora de Angola, e já tinha sido avisada pela Comissão de Mandatos e Ética e Decoro Parlamentar em setembro passado.

Tchizé justificou, por carta, a sua ausência do País alegando razões de saúde dos filhos. Esta terça-feira o parlamento procedeu à votação da sua perda de mandato com os votos a favor do MPLA e da UNITA.

Os partidos da coligação CASA-CE, do PRS e da FNLA abstiveram-se do processo, que constava da agenda de debates da primeira reunião plenária extraordinária da 3.ª sessão legislativa da Assembleia Nacional.

O que está escrito na lei é que o deputado pode perder o mandato quando excede o número de faltas previsto na lei.

A deputada Welwitschea dos Santos, eleita pelo partido no poder em Angola, o MPLA, considerou que a revogação do seu mandato foi "um golpe" do Presidente João Lourenço, acusando-o de ser um "ditador" e o seu "carrasco político".

Ver esta publicação no Instagram

Estou aliviada com o golpe que me deu o meu carrasco político, Ditador João Lourenço e os seus bajuladores ao revogar o meu mandato de Deputada após eles mesmo terem provocado a minha ausência prolongada do país com muita intimidação e ameaças à minha integridade, numa clara violação dos direitos humanos e da Constituição de Angola. Ao menos quando o Angola implodir devido à incompetência do Presidente angolano sob o olhar cúmplice do nosso partido MPLA face erros e atropelos gravíssimos do ditador João Lourenço e o golpe de Estado que deu às Instituições, não vão dizer que eu também estava lá com ele. Os Deputados e cidãos que lhe batem palmas coniventes, que o aturem.... Atenção amigos e familiares: comemorem! A partir de hoje deixei de ser PEP (Pessoa Politicamente exposta), podem voltar ao banco e preencher dizendo que não têm PEP’s na família!! Atenção Bullies políticos: Não se esqueçam que o meu passaporte Diplomático como de filha de Antigo Presidente da República é para toda a vida, bem como o direito à segurança e proteção especial do Estado por esta razão são como determina a lei Angolana e ainda que mudem a lei, o seu efeito não retroage, isto é não me abrangeria qualquer alteração. Welwitschea dos Santos "Tchizé"

Uma publicação partilhada por Tchizé Dos Santos (@tchize_dos_santos) a



"Estou aliviada com o golpe que me deu o meu carrasco político, ditador João Lourenço, e os seus bajuladores ao revogar o meu mandato de deputada, após eles mesmos terem provocado a minha ausência prolongada do país com muita intimidação e ameaças à minha integridade, numa clara violação dos direitos humanos e da Constituição de Angola", referiu a deputada, também conhecida por Tchizé dos Santos, numa mensagem na rede social Facebook.

Tchizé dos Santos, filha do ex-Presidente angolano José Eduardo dos Santos, acuou o atual chefe de Estado de cometer "erros e atropelos gravíssimos".

"Ao menos quando Angola implodir devido à incompetência do Presidente angolano, sob o olhar cúmplice do nosso partido MPLA, face erros e atropelos gravíssimos do ditador João Lourenço às instituições e o golpe de Estado que deu às instituições, não vão dizer que eu também estava lá com ele", acrescentou.

Welwitschea dos Santos acrescenta que é hora de os seus amigos e familiares festejarem, uma vez que deixou de ser "uma pessoa politicamente exposta".

MPLA José Eduardo dos Santos Tchizé dos Santos política partidos e movimentos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)