Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Forças de segurança etíopes mataram dezenas em surto de violência no verão

Relatório atribui mais de 75 mortes e 200 feridos durante os confrontos.
Lusa 1 de Janeiro de 2021 às 08:52
Confrontos Etiopia
Confrontos Etiopia FOTO: Getty
Os confrontos que agitaram a Etiópia no verão, após a morte de um popular cantor e ativista, mataram pelo menos 123 pessoas, das quais 75 foram mortas pelas forças de segurança do país, revela um novo relatório esta sexta-feira publicado.

O documento, publicado pela Comissão de Direitos Humanos da Etiópia, conclui que, no total, 123 pessoas morreram e pelo menos 500 ficaram feridas naquele surto de violência, entre junho e julho, um dos piores nos últimos anos no país.

Às forças de segurança etíopes, o relatório atribui mais de 75 mortes e 200 feridos durante os confrontos.

Etiópia questões sociais morte
Ver comentários