Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Homem detido com sete quilos de marfim no centro de Maputo

Moçambicano transportava cinco presas de elefante, sete pedaços e 287 cubos de marfim.
Lusa 29 de Janeiro de 2020 às 23:22
Operação decorreu de janeiro a outubro
Operação decorreu de janeiro a outubro FOTO: EPA
As autoridades moçambicanas detiveram um homem de 24 anos, no centro de Maputo, na posse de sete quilos de marfim, disse esta quarta-feira à Lusa o porta-voz do Serviço Nacional de Investigação Criminal (Sernic), Leonardo Simbine.

O moçambicano transportava cinco presas de elefante com mais de três quilos, sete pedaços de marfim com quilo e meio e outros 287 cubos de marfim com pouco mais de dois quilos, revelou o porta-voz do Sernic.

A detenção foi feita na quinta-feira, numa das principais avenidas da capital, e, na altura, o traficante alegou que não sabia o que tinha entre mãos, dizendo que recebeu o material de um amigo que lhe o enviou da cidade da Beira, pedindo para o deixar com um camionista que ia para a África do Sul.

As presas de marfim destinadas a mercados clandestinos internacionais são um dos principais motivos da caça furtiva a elefantes em diferentes locais do continente, sendo esta uma espécie classificada como vulnerável.

Em Moçambique, a Administração Nacional de Áreas de Conservação (ANAC) indicou esta semana à Lusa que no último ano registou a morte de 26 elefantes no país, por diversas razões além da caça, sendo que há cinco anos estimava-se que o país perdesse 1.200 por ano.

No censo de elefantes de 2018, foi calculada para Moçambique uma população total de 9.122 animais.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)