Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Jovens guineenses limpam monumento e pedem para não serem colados cartazes eleitorais

Iniciativa pretende alertar para a preservação do património nacional.
Lusa 12 de Setembro de 2019 às 16:26
Guiné-Bissau
Guiné-Bissau FOTO: Getty Images
Uma iniciativa da organização não-governamental Projeto Fórum da Paz levou esta quinta-feira algumas dezenas de jovens da Guiné-Bissau a procederem à limpeza do monumento na Praça dos Heróis Nacionais, Bissau, para alertar para a preservação do património nacional.

A ideia foi celebrar o dia do nascimento de Amílcar Cabral, a 12 de setembro de 1924, mas também apelar aos candidatos às eleições presidenciais, marcadas para 24 de novembro, para não colorem cartazes nos monumentos e estátuas espalhados por todo o país.

"Esta iniciativa tem uma intenção de fundo que preservar e resgatar a nossa memória coletiva na Guiné-Bissau e também no quadro da monitorização do processo eleitoral pretendemos fazer um trabalho com os candidatos às eleições presidenciais para os sensibilizar a não colocar cartazes nos monumentos históricos e públicos", disse José Carlos Correia, do Projeto Fórum de Paz.

Segundo José Carlos Correia, todos devem de preservar a história e o valor da Guiné-Bissau.

"É isso que estamos aqui a comemorar, os 95 anos de Amílcar Cabral, mas também sensibilizar os candidatos às eleições presidenciais para preservarem os monumentos a nível nacional", acrescentou.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)