Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Marcelo Rebelo de Sousa confirma presença na posse de José Maria Neves em Cabo Verde

Presidente da República falou aos jornalistas, à margem do programa "Mulheres de coragem", junto ao Palácio de Belém, em Lisboa.
Lusa 19 de Outubro de 2021 às 17:58
Marcelo Rebelo de Sousa
Marcelo Rebelo de Sousa FOTO: Pedro Catarino
O chefe de Estado português, Marcelo Rebelo de Sousa, confirmou esta terça-feira que estará presente na posse do novo Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, vencedor das eleições presidenciais cabo-verdianas de domingo.

"Ainda hoje marquei uma ida à posse do novo Presidente de Cabo Verde, no início de novembro", declarou Marcelo Rebelo de Sousa aos jornalistas, à margem do programa "Mulheres de coragem", no antigo picadeiro real, junto ao Palácio de Belém, em Lisboa.

Após vencer as eleições presidenciais de domingo, José Maria Neves disse que recebeu um telefonema de felicitações do Presidente português e que o convidou a estar presente na sua posse como Presidente da República de Cabo Verde.

Em 22 de setembro, em Nova Iorque, onde se deslocou para a 76.ª sessão da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Marcelo Rebelo de Sousa anunciou a intenção de estar presente na cerimónia posse do novo Presidente de Cabo Verde, "dentro de um mês".

No domingo, o Presidente português divulgou uma nota no sítio oficial da Presidência da República na Internet a informar que tinha falado nessa noite "com os dois candidatos mais votados" nas eleições presidenciais em Cabo Verde, José Maria Neves e Carlos Veiga, "tendo-os saudado pelo desenrolar das eleições".

Segundo a mesma nota, o chefe de Estado português felicitou o Presidente eleito de Cabo Verde, José Maria Neves, pela vitória, "certo da continuação das excelentes relações entre os dois países e os dois povos irmãos, e desejando-lhe as maiores felicidades no exercício de tão importante mandato".

José Maria Neves, professor universitário e antigo primeiro-ministro cabo-verdiano, de 61 anos, foi eleito, à primeira volta, nas eleições presidenciais de domingo, com 51,5% dos votos, de acordo com dados do apuramento provisório.

Apoiado pelo Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), atualmente na oposição, José Maria Neves será o quinto Presidente da República de Cabo Verde, sucedendo a Jorge Carlos Fonseca, que cumpre o seu segundo e último mandato.

Carlos Veiga, também antigo primeiro-ministro, que se candidatou com o apoio do Movimento para a Democracia (MPD), no poder e da União Caboverdiana Independente e Democrática (UCID), obteve cerca de 42,6% dos votos e falhou a eleição para Presidente da República pela terceira vez.

Ver comentários