Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Ministro dos Negócios Estrangeiros em visita oficial de três dias a Cabo Verde

Visita tem como objetivo dar continuidade aos compromissos firmados em março passado na VI Cimeira Bilateral.
Lusa 22 de Maio de 2022 às 14:32
João Gomes Cravinho
João Gomes Cravinho FOTO: Ricardo Ponte
O ministro dos Negócios Estrangeiros português, João Gomes Cravinho, chega na segunda-feira a Cabo Verde para uma visita oficial de três dias, que inclui encontros com o homólogo e também com o Presidente da República e primeiro-ministro cabo-verdiano.

De acordo com uma nota do ministério, hoje divulgada, João Gomes Cravinho vai visitar as ilhas de São Vicente, Santo Antão e Santiago, entre segunda a quarta-feira, acompanhado pelo secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Francisco André.

A visita, que coincide com o Dia de África, tem como objetivo dar continuidade aos compromissos firmados em março passado na VI Cimeira Bilateral - que decorreu na Cidade da Praia, sob o lema "Parceiros Estratégicos na Recuperação Pós-Pandémica".

Nesse âmbito, o chefe da diplomacia portuguesa terá encontros de cortesia no dia 25 de maio, Dia de África, na cidade da Praia, ilha de Santiago, com o Presidente da República, José Maria Neves, com o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, e com o presidente da Assembleia Nacional, Austelino Correia.

O ministro português reunir-se-á ainda com o seu homólogo Rui Figueiredo Soares, logo à chegada à cidade do Mindelo, na ilha de São Vicente (no dia 23), e também na cidade da Praia.

O dia 24 está reservado para a visita à Ilha de Santo Antão, onde se encontrará com autarcas locais.

"A cooperação entre Portugal e Cabo Verde é dinâmica, diversa e sustentada, abarcando projetos em vários setores, alguns dos quais figurarão na agenda destes três dias de deslocação, como é o caso da Educação, Língua, Cultura, Saúde, Ambiente, Agricultura e Economia", destaca o comunicado

De acordo com a tutela, a celebração do Dia de África em Cabo Verde e a visita a três das dez ilhas do país é um "sinal claro da excelência e da abrangência das relações, tanto no plano institucional como entre povos, as quais Portugal e Cabo Verde estão empenhados em aprofundar".

João Gomes Cravinho João Gomes Cravinho São Vicente Santiago
Ver comentários
}